VENTANA - catodo frio, neon, iluminação, light design, lighting design, design, lâmpadas, fabricante de lâmpadas, display, display luminoso, display luminosos, display com gravacao, banner luminoso, banners luminosos, luminoso, luminosos, back light, posto de venda back light, gravacoes display, luminosos, banner luminoso, banners luminosos, display luminoso, personalizacao de display, personalizacao de banners luminosos

De lâmpadas de catodo frio a peças luminosas para merchandising, a VENTANA dedica-se a transformar ideias em produtos e serviços que ajudam a satisfazer as necessidades dos clientes e da sociedade.

contato

  • ventana@ventanabr.com

  • 55 11 4596-1100

    55 11 4596-3377

  • Av. Bertioga, 1705 - Várzea Paulista

    São Paulo - Brasil

    A+ A A-

    STF suspende resoluções do Conama que fragilizavam proteção a restingas e manguezais


    O Supremo foi acionado pelos partidos PT, PSB e Rede Sustentabilidade, depois que o Conama revogou uma série de normas que disciplinavam métodos de preservação e desenvolvimento sustentável O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu suspender definitivamente uma série de resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) que facilitavam a exploração imobiliária em áreas de restinga, de manguezais e do entorno de reservatórios de água. O tribunal já havia se manifestado dessa maneira em caráter liminar, em novembro do ano passado. Agora, o entendimento foi mantido no julgamento de mérito, que se encerrou nesta semana, em plenário virtual. O resultado foi unânime. O Supremo foi acionado pelos partidos PT, PSB e Rede Sustentabilidade, depois que o Conama revogou uma série de normas que disciplinavam métodos de preservação e desenvolvimento sustentável. Pela decisão, ficou restabelecida a validade das resoluções anteriores, que garantiam a proteção das áreas em relação a danos ambientais e mantinham a qualidade da água nos reservatórios. Também voltou a valer a norma que regulamentava o licenciamento ambiental em projetos de irrigação e priorizava métodos mais econômicos de consumo de água e energia. O “revogaço” do Conama, para os ministros, “vulnera princípios basilares da Constituição, sonega proteção adequada e suficiente ao direito fundamental ao meio ambiente equilibrado nela assegurado e promove desalinho em relação a compromissos internacionais de caráter supralegal assumidos pelo Brasil e que moldam o conteúdo desses direitos”. José Eduardo Camargo/Pixabay

    Leia mais no original https://valor.globo.com/brasil/noticia/2021/12/15/stf-suspende-resolucoes-do-conama-que-fragilizavam-protecao-a-restingas-e-manguezais.ghtml

    Copyright 2013, VENTANA. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Baloodesign